O garoto Careca do Brasileiro de 78 se torna um sessentão


Este garoto da imagem virou, neste 5 de outubro, um sessentão. Antônio de Oliveira Filho, ou Careca, que também atende por Carecone, foi um dos melhores camisas 9 do futebol brasileiro.

.

Aos 17 anos arrebentava no nacional e ajudava a levar o Guarani ao título mais inusitado da história do Campeonato Brasileiro. Era só o início de uma trajetória de gols, golaços, e títulos.

.

A galeria de ídolos imortais do Bugre foi apenas a primeira a Careca deixar a sua digital. Viria ainda a do São Paulo, por onde conquistou o Paulistão de 1985 e 1987 e outro título brasileiro, o de 1986.

.

Mesmo ano em que envergou a camisa 9 da Seleção Brasileira com a grandeza que ela merece durante a Copa do México. O time parou nas quartas de final numa disputa de pênalti contra a França de Platini, mas Careca foi o Chuteira de Prata do mundial com cinco gols.

.

Saiu do São Paulo em 1987 para entrar na história do Napoli, conquistando ao lado do amigo Diego Maradona, assim como fez no Guarani, títulos improváveis como o scudetto da Série A (1989-90), a Supercopa da Itália (1990) e a Copa da Uefa (1988-89).

.

Ainda defenderia a Seleção Brasileira na Copa de 1990, na Itália, novamente jogando muita bola. Marcou duas vezes até o seu time ser eliminado pela Argentina de Maradona. No total, foram 28 gols com a amarelinha, em 63 jogos.

.

Vida longa ao sempre craque Careca!